[TAG] Doenças Literárias - SQN!

Aloha Galera!


Vi em vários Blogs literários uma TAG chamada "Doenças literárias" [Vi essa em http://becoliterario.com/tag-doencas-literarias/ ]. Vou dizer que não curti muito esse nome, não. Então vou mudar a minha para "Sintomas literários" e vou responder também. Lá vai:

Um livro muito doce:

Estrelas Tortas, De Walcyr Carrasco. É um livro muito amorzinho e conta a história de Marcella uma jovem esportista que perde o movimento das pernas em um acidente e precisa se readaptar a vida, as pessoas e descobrir um grande amor nesse processo.

Não sou muito de romances, mas me encantei com esse livro por que é contado de forma delicada e foi parte da minha adolescência e foi um dos primeiros livros que li




Um livro que você leu uma vez para nunca mais na vida:

Divergente, Insurgente e Convergente, De Verônica Roth. Dispensa apresentações né?! Mas ainda assim As três histórias contam a ascensão de Tris em mundo pós-apocaliptico e sua determinação em uma batalha contra um sistema que vem dividindo e segregando as pessoas.

Não que classifique os livros como ruins, mas não me encantou nem me prendeu como outros livros. Eu não achei o "tchan" desse livro. A unica coisa que achei incrível e amei foi o final de Convergente é meio "Puta que me Pariu!" de bom.




Um livro contagioso:

Jogos Vorazes, Em Chamas e A Esperança, De Suzanne Collins. Dispensa apresentações também, mas vai assim mesmo: A trilogia conta a história de Katniss uma menina jogada em uma arena mortal para lutar até a morte como lembrança para o povo de Panem de que a capital é que manda nesse mundo distópico, mas ela acaba virando o ícone de uma revolução.

Não foi um dos mais contagiosos, mas foi o que eu li e achei massa. Eu dissemino esse livro feliz. É também pra quem gosta de fazer uma analise das coisas além da ficção também.


Um livro que você virou a noite lendo:


Anjos e Demônios, De Dan Brown. Uma antiga sociedade secreta está ameaçando a cidade do vaticano as vesperas do conclave que elegerá o novo papa e cabe a Robert Langdon descifrar uma pista macabra deixada na cidade.

Virei a noite lendo esse livro e achei o máximo, com uma história que te enreda e te prende não vi a hora passar e nem senti sono. Uma leitura que te deixa curiosa para saber o que acontece na página seguinte.





Um livro que você leu e não se lembra:

Escuridão na Clareira, De Miguel Reale Júnior. Se eu não lembro não tenho como apresentar né?! :/ [Pera que vou buscar a sinopse] Em uma manhã fria de julho de 1992, o policial Rogério Arzibu é chamado para investigar um assassinato. O corpo é de um homem de cerca de 40 anos morto com um tiro. Com longa experiência na Divisão de Homicídios, Arzibu está pronto para colocar em prática sua extraordinária capacidade de resolver mistérios. Mas esse caso parece ser um dos mais intricados de sua carreira.

O livro é bom e isso eu lembro! Mas faz muitos anos que li, e por falar nisso vou até pegar pra reler quando der um tempinho.

Um livro que te tirou o fôlego:

Trilogia Millenium: A menina que brincava com fogo, de Stieg Larsson. A Trilogia conta a história de Lisbeth Salander uma garota disfuncional e inteligentíssima que utiliza seus meios escusos para se defender de seus inimigos e se livrar de seus opressores. Minha apresentação não fez menor jus aos livros, mas são maravilhosos!!!!
Como já disso os livros são maravilhosos, eu fiquei sem respirar em boas partes do livro. Ele trás uma experiencia diferente uma narrativa diferente da qual estamos acostumados. Com uma herói que na verdade é um anti-herói cheia de problemas e nada indefesa. Simplesmente amo esses livros!



Um livro que você esqueceu-se de comer para ler:

Cem anos de solidão, De Gabriel García Márquez. Esse livro conta a história da Família Buendía e a fundação da cidade de Macondo, narra através dos tempos e das gerações as desgraças acometidas a essa família e a essa cidade de acontecimentos fantásticos. 
"Las estirpes condenadas a cien años de soledad no tenían una segunda oportunidad sobre la tierra."
Esse livro me deixou imersa, a unica coisa que eu queria saber era o que aconteceria com seus personagens e ler suas desventuras foi incrível.



Um livro que te lembre/ você relacione com uma viagem:

Fugitivos, De Carlos H. Barros. O livro fala do nascimento do amor e amizade e da batalha de cinco jovens para sobreviver a quem deveria cuidar dele: Sua família! A descoberta do amor aproxima o casal e a força da amizade os faz enfrentar perigos e situações complicadas nessa corrida emocionante, que atravessa os estados de Minas Gerais, Bahia, Alagoas e Pernambuco eles buscam a esperança de um futuro melhor. Fez jus a apresentação? Não fez jus! O livro é maravilhoso clica aqui para conhecer mais.
Esse livro foi minha companhia durante a minha mudança de cidade e minhas idas e vindas da cidade natal para a cidade que eu moro. Foi um grande presente que me ajudou em um momento de insegurança. Eu amei.

E aí? Qual os livros que te deixaram sintomáticos? Responde nos comentários ou se quiser responde no seu blog/instagram!
Nos marca nos intagram :D

Nenhum comentário

Postar um comentário

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger