Retrospectiva 2015 - 3 adaptações literárias


Startamos nossa contagem: 3!

E pra continuar nossa contagem regressiva as 3 melhores adaptações literárias desse ano

As 3 melhores adaptações:

O Pequeno Príncipe, De Mark Osborne.
Sinopse: Uma garota acaba de se mudar com a mãe, uma controladora obsessiva que deseja definir antecipadamente todos os passos da filha para que ela seja aprovada em uma escola conceituada. Entretanto, um acidente provocado por seu vizinho faz com que a hélice de um avião abra um enorme buraco em sua casa. Curiosa em saber como o objeto parou ali, ela decide investigar. Logo conhece e se torna amiga de seu novo vizinho, um senhor que lhe conta a história de um pequeno príncipe que vive em um asteróide com sua rosa e, um dia, encontrou um aviador perdido no deserto em plena Terra.

A adaptação muito amorzinho do livro mais fofo que já vi. Super recomendo a assistirem esse filme, a adaptação ficou linda e fiel ao livro.

O Pequeno Príncipe, De Antoine de Saint-Exupéry.
Descrição: Um pequeno príncipe nos convida a olhar com atenção o planeta que habitamos, cheio de presentes oferecidos pela natureza. Presentes aparentes ou escondidos, renováveis ou limitados. Mas todos eles revelam segredos quando os observamos com o olhar cristalino de uma criança.Estrelas que sabem sorrir.
Antoine de Saint-Exupéry resgatou a criança que existe em cada um de nós, com encanto, ética e beleza.

A descrição fez jus? Nenhum! O livro é muito encantador, uma leitura leve e gostosa. Recomendo muito.


Jogos Vorazes: A Esperança - O Final, Francis Lawrence.
Sinopse: Ainda se recuperando do choque de ver Peeta (Josh Hutcherson) contra si, Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) é enviada ao Distrito 2 pela presidente Coin (Julianne Moore). Lá ela ajuda a convencer os moradores locais a se rebelarem contra a Capital. Com todos os distritos unidos, tem início o ataque decisivo contra o presidente Snow (Donald Sutherland). Só que Katniss tem seus próprios planos para o combate e, para levá-los adiante, precisa da ajuda de Gale (Liam Hemsworth), Finnick (Sam Claflin), Cressida (Natalie Dormer), Pollux (Elder Henson) e do próprio Peeta, enviado para compôr sua equipe.

Ainda não assisti, mas com base nas adaptações anteriores, criticas de sites especializados e criticas de amigos o filme deve ser muito bom! Vou conferir logo, logo.

A Esperança, De Suzanne Collins.
Descrição: O volume final da trilogia 'Jogos Vorazes', de Suzanne Collins, é exatamente o livro pelo qual os fãs esperavam: complexo, imaginativo e, ao mesmo tempo, brutal e humano. Depois de sobreviver aos jogos por duas vezes, Katniss Everdeen tentará se encontrar no papel de símbolo de uma revolução, enquanto luta para proteger sua mãe e sua irmã no meio de uma guerra. A série, com mais de quatro milhões de exemplares vendidos apenas nos Estados Unidos, é o mais novo fenômeno da literatura jovem dos últimos tempos, e mistura ficção científica com reality show, passando pela mitologia e pela filosofia com muita ação e aventura.
Katniss conseguiu sair da arena pela segunda vez, mas, mesmo assim, ainda não está a salvo. A Capital está irritada e quer vingança e, por isso, inicia uma represália a toda a população. Numa trama tão violenta quanto psicológica, Suzanne Collins consegue provocar, em A esperança, um debate sobre a moral e os valores da guerra e as consequências das escolhas feitas por cada um dos personagens.

O livro é incrível, a narrativa de Suzanne me contagiou eu não queria parar de ler. Recomendo muito!

O Jogo da Imitação, De Morten Tyldum.
Sinopse: Durante a Segunda Guerra Mundial, o governo britânico monta uma equipe que tem por objetivo quebrar o Enigma, o famoso código que os alemães usam para enviar mensagens aos submarinos. Um de seus integrantes é Alan Turing (Benedict Cumberbatch), um matemático de 27 anos estritamente lógico e focado no trabalho, que tem problemas de relacionamento com praticamente todos à sua volta. Não demora muito para que Turing, apesar de sua intransigência, lidere a equipe. Seu grande projeto é construir uma máquina que permita analisar todas as possibilidades de codificação do Enigma em apenas 18 horas, de forma que os ingleses conheçam as ordens enviadas antes que elas sejam executadas. Entretanto, para que o projeto dê certo, Turing terá que aprender a trabalhar em equipe e tem Joan Clarke (Keira Knightley) sua grande incentivadora.

O filme é incrível, gostei demais e assistiria mais vezes.

Alan Turing: The Enigma, De Andrew Hodges.
Descrição: É apenas um ligeiro exagero dizer que o matemático britânico Alan Turing (1912-1954) salvou os aliados dos nazistas, inventou o computador e inteligência artificial, e da libertação gay antecipado por décadas - tudo antes de seu suicídio na idade de quarenta e um.
Capturando tanto o drama interior e exterior da vida de Turing, Andrew Hodges diz como idéia revolucionária de Turing de 1936 - o conceito de uma máquina universal - lançou as bases para o computador moderno e como Turing trouxe a idéia de realização prática em 1945 com o seu design eletrônico. O livro também conta como este trabalho estava diretamente relacionada ao papel de liderança de Turing em quebrar as cifras da Enigma alemã durante a Segunda Guerra Mundial, um triunfo científico que foi fundamental para a vitória dos Aliados no Atlântico. Ao mesmo tempo, esta é a conta trágica de um homem que, apesar de seu serviço de guerra, acabou sendo preso, despojado de seu certificado de segurança, e forçado a passar por um programa de tratamento humilhante - tudo para tentar viver honestamente em uma sociedade que homossexualidade definido como um crime.

Não li o livro, mas só de assiti o filme senti uma vontade imensa de ler. Tá na minha lista!

Nenhum comentário

Postar um comentário

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger