Resenha: Ele não é isso

Aloha Galera,

Demorei pra fazer a resenha e dar continuidade as postagens por que estou num momento de resolução de complicações, mas está tudo indo certo e hoje vim postar uma resenha de um livro bastante profundo e muito interessante.
Uma certa vez li uma frase que dizia o seguinte: "Um livro bom é aquele que você sente necessidade de contar pro mundo" Não tenho ideia de quem seja o autor, mas é assim que me sinto com relação a esse livro e vou apresentá-lo a vocês...

SOBRE O AUTOR:

Rodrigo Moreira nasceu em São Paulo em 1979. É psicólogo e descobriu, ainda durante a faculdade, o prazer da escrita. Não lhe bastavam as leituras, fossem de grandes teóricos do desenvolvimento humano ou de fantásticos escritores de literaturas fantásticas. Sentia que era necessário ingressar nesse mundo por meio de suas próprias ideias. Um dia ouviu que, ideias, são “problemas disfarçados de solução”, não ficou parado. Escreveu 2 livros - "A Íncrível História dos Pupus: a incansável procura" e "Ele não é isso". Neste exato momento, está rascunhando alguma coisa ou escrevendo outro livro, pois importante é tornar as ideias realidade.




ELE NÃO É ISSO:


Titulo: Ele não é isso
Autor: Rodrigo Moreira
Páginas: 266
Editora: Arwen


Sinopse

Em pleno marco zero de São Paulo e escondida entre as paredes do edifício Nazareth, uma história, que antes fora de amor, vai se tornar sofrimento, tortura e medo. Em uma noite tranquila, Matias e sua esposa, Felícia, grávida de 6 meses, são atacados por um cão. Para ele, havia sido apenas um susto. Para ela, uma dolorida, mas curável, ferida na perna. No entanto, a ignorante certeza de que tudo acabará bem, desprezando a necessidade de cuidados médicos, causará sérias consequências. O que tal negligência ocasionará às vidas dessa família? Que destino um simples acidente revelará para o mundo? Matias, enclausurado em seu apartamento com seu filho, Júnior, viverá momentos tenebrosos e sombrios que mudarão para sempre a sua história e das pessoas à sua volta. Um pai, um filho e um destino amedrontador.


Minha experiência

Pra quem me conhece e me acompanha sabe que sou uma leitora assídua de histórias de suspense/terror e ficção, sabe também que zumbis é minha paixão literária, de jogos, filmes e séries. Tenho uma certa experiencias com leituras do gênero, mas fui surpreendida de forma muito positiva com esse livro e deixa eu contar pra vocês o porque.
Normalmente livros de zumbis ou tratam sobre o inicio do surto e a loucura das pessoas que tentam sobreviver ou tratam do pós-apocalipse, esse livro está nos momentos antes e durante e depois o  momento do surto. Não entendeu?! Deixa que eu explico.

— Puta que pariu! Acho que a cabeça dela explodiu inteira. Deve ter ficado igual a uma melancia espatifada no chão.

A tragédia da vida de Mathias começa muito antes do seu filho, da sua esposa ou do seu temperamento mudar, ao longo da sua infância Mathias perde sua mãe e sofre muito nas mãos de sua tia e o namorado dela e ainda se ver obrigado a lidar com as dificuldades da vida de provação, mas em sua vida adulta as coisas não melhoram quando sua esposa gravida é mordida por um cão e as coisas começam novamente a desandar pra ele.

'Ele não é isso' é um livro anacrônico (que não segue uma ordem cronológica), a personagem principal, Mathias, é um pai solteiro que precisa cuidar do seu bebezinho de apenas 2 anos que apresenta uma doença muito estranha que não foi diagnosticada por nenhum médico com a ajuda apenas de uma senhorinha doce e idosa, Dona Celina, dentro de um apartamento Mathias, Junior e Celina precisam lidar com os estranha doença e acessos de raiva do bebe, e além disso enfrentar seus demônios pessoais.

O livro não é apenas sobre zumbis, mas sobre um pai que se vê mentalmente abalado com a doença do seu filho e com os seus traumas do passado. Uma história obscura e com uma carga emocional enorme, passando de momento que detestamos as personagens a amor pelos mesmos. Um livro que trata sobre sentimentos complexos como a raiva, a culpa, a solidão, o medo e o amor.

Minha recomendação? O mundo precisa conhecer esse livro!

2 comentários

  1. Uau!!! Muito obrigado pelas palavras. Fico feliz que tenha gostado e que tenha feito sentindo para você. Vamos gritar pro mundo haha.Você pegou o espírito da história, que é muuito mais do que a aparição de uma figura monstruosa (embora a monstruosidade não esteja na aparência).
    Obrigado pela parceria 😊

    ResponderExcluir

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger