Carrie Fisher

Fala Galera,

O post de hoje era sobre um outro assunto, mas depois do que aconteceu hoje eu tinha que deixar registrada minha homenagem.

Na manhã desta Terça-Feira dia 27/12/2016 morreu Carrie Fisher a mulher que deu vida a princessa Léia Organa. Carrie discretamente foi parte do movimento feminista que hoje tem força maior na midia nerd/geek/filmográfica. Em uma conversa com Daisy Ridley ela deixou claro como se sentiu quando foi obrigada a ser escrava de Jabba e isso me marcou 

As pessoas terão fantasias com você. Isso vai te deixar desconfortável, eu imagino. Eu não sou um símbolo sexual, isso é a opinião de algumas pessoas e eu não concordo. Você quer um conselho? Você deve lutar pelo seu figurino. Não seja uma escrava como eu fui. Lute contra a roupa de escrava

O rosto de Carrie pra mim vai ser sempre marcado como o de Léia e vai estar sempre guardado. Quem me conhece sabe o quanto sou fã da Saga Star Wars e isso realmente me afetou. A morte de um ator/atriz nunca tinha mexido comigo como a morte de Carrie (e acabo de saber agora o ator que fez R2D2 - Kenny Baker) é a primeira vez que me sinto de fato afetada com a morte de alguém tão distante. Isso prova a força que Léia e Carrie tiveram na minha infância e adolescência e o marco que elas foram para mim como mulheres que lutaram pelo seu lugar e se posicionaram.

#RipCarrieFisher - "May the force be with you." 


Death is a natural part of life. Rejoice for those around you who transform into the Force.
“A morte é uma parte natural da vida. Feliz fique por aqueles que na Força se transformam."

Um comentário

  1. Oi!
    Não conheço e não sou fã da saga, mas acredito que todos tenhamos ficado abalados com a notícia. O ano foi bastante pesado com todas essas mortes de artistas :(
    Que a força esteja sempre com ela, mesmo!!!
    Beijos,
    Carol | Fantasma Literário
    http://ofantasmaliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger