RESENHA: Perdida

Título: Perdida: Um Amor Que Ultrapassa As Barreiras do Tempo
Autora: Carina Rissi
Editora: Verus
Número de páginas: 364


Sinopse: 
“Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos... “Perdida” é uma história apaixonante com um ritmo intenso, que vai fazer você devorar até a última página”.
 Perdida foi aquele tipo de livro que me cativou do início ao fim. O enredo não convencional e o final nada clichê, do jeitinho que eu gosto, me deixou apaixonada! Os personagens são muito bem desenvolvidos, tanto os principais quanto os secundários e a leitura flui e é muito envolvente.

“- Eu estou... perdida. - O que mais eu poderia dizer? Escuta só, cara, eu acordei hoje de manhã no ano de 2010 e, depois que tropecei em uma pedra meu celular criou uma espécie de supernova, eu vim parar, sabe Deus como, no século dezenove.”

Amei me sentir transportada para uma época tão distante e o desenvolver do romance de Sofia e Ian. A narração é em primeira pessoa o que contribuiu muito para eu sentir com os personagens, a ponto de ter que fechar o livro e parar para respirar! O que era para ser apenas uma “lidinha” antes de dormir se resultou no fim do livro, já que não consegui largar enquanto não terminei de ler! No dia seguinte de manhã já engatei na leitura do volume 2 “Encontrada: À Espera do Felizes Para Sempre”!

“Abracei-o mais forte, querendo que o tempo parasse, que a vida não seguisse em frente, que nossa dança nunca terminasse”.


 Ainda bem que já comprei toda a série, confiando claro, nas dicas que vocês me dão no instagram. Foram mais de 200 comentários positivos sobre o livro!!! E para quem não leu ainda, eu recomendo MUITO esse livro <3

RESENHA: Princesa ao Avesso


TÍTULO: Princesa ao Avesso
AUTORA: Bruna Siqueira
EDITORA: Fragmentos
NÚMERO DE PÁGINAS: 267


“Aos 15 anos, Aurora se muda para um internato em Cambridge a fim de começar uma vida nova, num lugar onde ela realmente pudesse se encontrar. Sempre solitária, Aurora encontra consolo na amizade com Clarissa, uma garota indomável, estranhamente parecida com ela, que vira sua vida de cabeça para baixo. Quase quatro anos depois, no fim do ensino médio, Clarissa revela um segredo que pode mudar o rumo da história das duas, e com ele um plano maluco que faz Aurora entrar numa realidade completamente nova. Um mundo de vestidos, tiaras e popularidade. ”
O segredo de Clarissa era que, ela era uma princesa. Eu não lidei muito bem com ela ter escondido isso dá Aurora já que no livro fala delas como melhores amigas. Sem contar que ela conta apenas por querer um favor e não por confiar na "amiga". Clarissa queria que ela trocasse de lugar com ela (elas são idênticas, exceto pela cor do olho) para que enquanto Aurora fosse para o palácio fingir ser ela, viajaria mundo a fora, coisa que como princesa, seus pais nunca permitiram. Aurora recebe um treino (bem simples), para não passar vergonha no palácio mas que não a prepara realmente para sua chegada lá já que mais uma vez Clarissa escondeu coisas dela, tais coisas que nenhuma amiga esconderia da outra. Ela era apaixonada por Henry e estava prometida a Charles, príncipe da Inglaterra. Ou seja, Aurora chegou no palácio e teve que se virar já que não estava ciente de nada disso e tinha dois caras atrás dela. Eu achei a escrita da autora bem simples mas ainda assim a leitura na fluiu tanto. O que no começo me manteve firme na leitura foi a curiosidade de saber se o final seria diferente do que eu estava imaginando já que esse tipo de história geralmente é bem clichê. Mas quando a trama foi se desenvolvendo e os mistérios foram sendo desvendados, eu soube logo o final. E infelizmente foi bem clichê. Fiquei bem decepcionada com isso. A capa é linda, as folhas são amarelas e a o tamanho da fonte é o ideal. E mesmo eu gostando da temática, a leitura não foi muito boa pra mim.
 Agradeço á autora Bruna Siqueira pela oportunidade de conhecer seu trabalho!

Resenha: It a coisa - Livro

Olá todo mundo, vamos falar de terror?

Tem um tempo que eu terminei de ler o  livro It a coisa e aproveitei para assistir também o filme, e nossa que obra incrivel!

Começemos pelo livro

Titulo: It a coisa
Autor: Stephen King
Páginas: 1104
Editora: Suma das letras

Sinopse: Durante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança e... do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry. Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permanece em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa.

It é um livro do grande autor do gênero de terror Stephen King (Realmente rei!), o livro se inicia numa Derry de 1958 que vem sendo assolada por acidentes tenebrosos, assassinatos monstruosos e desaparecimentos inexplicáveis onde vivem os, até então desconhecidos, Bervely, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie e Ben. Eles não começam como grandes amigos, mas acabam se tornando ao longo do livro.

Stephen King, SK, não tem exatamente uma linearidade na hora de escrever; de forma muito cativante o livro vai e volta no futuro e no passado de forma que a história acaba virando um filme na sua cabeça. Com um enredo intenso, o livro te leva a conhecer a coisa, um ser sobrenatural e estranho que aparece de uma forma para cada um dos integrantes do clube dos otários e aterroriza a mente dessas crianças e dessa adulta que lhe escreve.
Apesar da indas e vindas no enredo, SK consegue contar de forma fantástica e nauseante em alguns momentos como a coisa interfere na vida dos cidadãos de Derry e o terror instaurado no consciente e subconsciente dessas crianças.

Levando em consideração o ano em que foi feito e tendo que engolir uns diálogos que hoje já não cabem mais, o livro foi um dos melhores que já vi e que me submergiu de forma absurda na trama. Não é novidade meu amor por Stephen King então deixo a minha recomendação aos amantes de terror.

O LIVRO É MUITO BOM!

🐼🐼🐼🐼🐼
Pandinhas pra esse livro 💙

Layout por Maryana Sales - Tecnologia Blogger